Perguntas Frequentes

O mau hálito é causado pelo excesso de bactérias na boca. Uma avaliação e boa limpeza dentária podem resolver o problema do seu amigo.

Sim. Estes dentes devem ser retirados para dar espaço e garantir o correto crescimento dos dentes permanentes.

Fraturas dentais doem muito. Traga-o para uma avaliação no Odontocão e podemos ver se é possível fazer um tratamento de canal ou é necessário a extração.

Qualquer uma dessas técnicas vai trazer conforto para o seu amigo.

Sim, é comum que cães e gatos com problemas dentais tenham alteração no comportamento.

Como nossos pets não podem falar, eles se comunicam através de sinais e precisamos estar atentos a qualquer alteração.

Esfregar o focinho no chão, mau hálito, dificuldade para comer, tristeza, medo que toquem na sua boca, podem ser alguns dos sinais que algo está errado.

Com frequência constatamos essas mudanças de comportamento nos nossos pacientes. Acreditamos que, se as pessoas pudessem imaginar o quanto a dor de dente prejudica o dia-a-dia dos seus bichinhos, realizariam o tratamento antes. Por isso insistimos na importância da avaliação oral com regularidade.

Veja alguns relatos de pacientes com mudanças de comportamento que, na verdade, eram problemas dentais.

O problema dental mais comum em gatos é a Lesão de Reabsorção Odontoclastica de Felinos, que acomete mais de 75% dos felinos.

Ela é uma doença silenciosa, mas que causa muita dor! E a radiografia intra-oral é imprescindível para o correto diagnóstico e tratamento desta afecção.

 

Animais de estimação sofrem com doença periodontal (“tártaro”), dentes fraturados, lesão de reabsorção dental, persistência de dentes decíduos, tumores, entre outros problemas.
Mas a principal afecção oral sem dúvida é a doença periodontal (“tártaro”). Aproximadamente 85% dos animais adultos são afetados. A doença leva à perda dos dentes e pode extender-se a órgãos vitais como coração, fígado, rins, diminuindo a qualidade e expectativa de vida dos animais de estimação.

A prevenção é realizada através de:
Escovação dental diária ou ao menos 3x por semana com pasta de uso veterinário;
– Alimentos secos e crocantes;
– Biscoitos, aparas de couro e brinquedos mastigáveis que auxiliem no controle da placa bacteriana;
– Visita regular ao médico veterinário especializado para avaliação e profilaxia dental.

Sim. Imagine o que aconteceria se você não escovasse os seus dentes por 6 meses!

O mesmo ocorre na boca dos seus animais, afinal eles também têm dentes!

A primeira avaliação da cavidade oral deve ser feita entre 6-8 meses de idade, fase de erupção da dentição permanente e momento para condicionamento do animal aos cuidados preventivos.

A gengiva inflamada pode causar dor e ser sinal de aumento de bactérias na boca. Vários de nossos pacientes tiveram este problema e vieram para tratamento.

Depoimentos

Excelentes médicas veterinárias!!! Recomendo a todos! Salvaram a vida da minha cachorrinha Grécia!!

Jhéssica Sanches

17 de maio de 2015

Vitor Hugo, depois do tratamento, engordou um quilo. Antes ele não comia, sentia muita dor.

Agora está muito brincalhão, ronrona feliz e é a alegria nosso do lar. Tudo isso graças ao tratamento recebido no Odontocão.

Obrigado, vocês são nota 10!

Lis Cosmala

11 de junho de 2016

Olha só! Queria avaliar em milhares de estrelas, mas o FB só permite 5. Então comento: 1. Cris e Adri são funcionárias fantásticas; 2. Tio Bernardo um anestesista extremamente atencioso; 3. Tia Bel, tia Pri e tia Sávia são de um carinho, de uma atenção que não tem comentário que expresse minha admiração; e 4. Odontocão, no total, é um amor pelos animais sem tamanho. O meu mais sincero agradecimento a todos por todo amor, desde o atendimento, dedicado ao Mimo. Indico, indico, indico…

Lelia Baumel

27 de janeiro de 2016

Obrigada pessoal do Odontocão!!!! Minha filhota agora está com a boquinha saudável e hálito fresco, vocês foram impecáveis no atendimento e tratamento da minha bebê, só temos a agradecer!!

Alba Silveira

26 de outubro de 2016

Obrigada pela atenção e carinho para com meu amadinho!

Vocês são muito cuidadosos e capacitados, com certeza o Max está muito mais feliz.

Ele está comendo melhor, respira melhor e não tem mais sinusite. Max manda lambeijos a toda equipe do Odontocão.

Margarete Klk

27 de junho de 2016